Hortas de génese espontânea em Cascais

Em 2007 foi realizado um levantamento das hortas urbanas de génese espontânea no concelho de Cascais.

Estas diferem das hortas comunitárias por surgirem por iniciativa dos munícipes em espaços expectantes e, geralmente, não apresentarem um aspecto ordenado nem planeado. Estas hortas informais estão, normalmente, associadas a situações sócio-económicas débeis e têm como objectivo o auto-consumo.

Conclusões do levantamento:

  • A área de hortas de índole espontânea e não planeada em 2007 totalizava 10 hectares;
  • Estas hortas correspondiam a 299 parcelas, e número igual de horticultores;
  • Verificaram-se maiores conjuntos junto às ribeiras;
  • A freguesia de São Domingos de Rana é a que regista maior área de hortas;
  • Na generalidade, estas hortas apresentam um bom enquadramento nos bairros onde se localizam;
  • As estruturas de apoio (vedações e barracas) são os elementos que conferem pior imagem às hortas.
  Hortas Urbanas Área (m²) Parcelas
 
Alcabideche 7 22541 45
Cascais 3 466 7
Carcavelos 8 5311 42
Estoril 9 27111 65
Parede 0 0 0
S.D. Rana 14 43144 140
Total 41 98480 299

Tabela 1 – Hortas urbanas por freguesia em Cascais